Botafogo 3 x 2 Treze-PB (Pênaltis)

Por Diogo Ribeiro e Pablo de Moraes

Será que algum torcedor do Botafogo vai conseguir dormir? Talvez, mas vai ser difícil. Que sufoco. Que luta. Que pênaltis. Mas passou. Alívio geral e hora de respirar um pouco. O Botafogo vence o Treze e continua na Copa do Brasil, mas o coração botafoguense precisa de uma noite de descanso. (foto Bia Alves)

Todos diziam que o jogo ia ser vazio quando a Equipe do Fim de Jogo chegou no Engenhão para a partida entre Botafogo e Treze, pela Copa do Brasil: a tia da barraca de cachorro quente, o guarda municipal que estava encostado no carro na ala Sul e até mesmo os torcedores que passavam pelas alas. A situação era tão tranquila que até mesmo os moradores do entorno continuavam a fazer sua caminhada normalmente. Até meia hora antes da partida, carros circulavam livremente pelos arredores, sem qualquer confusão ou engarrafamento.

A grande novidade, assim que chegamos, era a Ala Sul fechada e totalmente apagada. Apesar da escuridão, o local estava bem policiado e com um grande número de pessoas do Posso Ajudar, dando aquele apoio ao torcedor. Mas por que essa área estava fechada? A resposta veio logo depois que entramos no Engenhão: o estádio estava sendo preparado para receber o show de Roger Waters. Além disso, os setores superiores também estavam fechados.

E o povo estava certo? Dentro do estádio, o público presente foi bem pequeno, apenas 4.414 torcedores, sendo 3.086 pagantes, com renda total de R$ 68.925,00. Apesar disso, o clima era de festa e tensão nas arquibancadas: as duas torcidas disputavam o tempo todo quem gritava mais, em uma mistura de cantos e vaias, embora em alguns momentos surgisse uns silêncios no estádio.

No campo, a tensão era tanta que, logo no início do jogo, depois de uma série de faltas e um gol do Treze marcado aos 2 minutos do primeiro tempo, um torcedor irritado do Botafogo começou um tumulto na torcida, mas logo a policia resolveu o problema e tudo ficou bem. Depois disso o jogo correu truncado, mas aos 21 minutos a torcida fez a festa, com um gol de Loco Abreu.

No segundo tempo, o jogo continuou truncado, porém com grandes chances para ambas as equipes. O destaque foi a equipe do Treze, que parecia estar muito interessada em levar a partida para a disputa de pênaltis. Tanto que, num certo momento, o goleiro do time da Paraíba se enrolou com a bola, caiu sozinho e ficou deitado fazendo hora. E o tempo corria. Botafogo apressado, tentando marcar a qualquer custo, porém sem sucesso. Final do tempo regulamentar: 1 a 1. Na disputa de pênaltis, o Botafogo levou a melhor, vencendo por 3 x 2. Com a vitória o time se classifica para a próxima fase da Copa do Brasil.

Veja a Galeria (fotos: Bia Alves)

 

Tópicos: , , ,

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário