Brasileirão 2017: Botafogo 2 x 0 Flamengo

by
Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Se os torcedores do Botafogo precisavam de um gás para o jogo da próxima quarta-feira, ele veio no clássico desse domingo com o Flamengo no Estádio Nilton Santos. O Botafogo usando dos contra-ataques abriu vantagem com dois gols de Roger e continuou pressionando.

Quando o estádio está cheio, a gente gosta mais de falar das torcidas, mas já que não rolou, contamos um pouco do que aconteceu no campo. No primeiro, tivemos um bom equilíbrio e o destaque ficou com os goleiros Gatito e Diego Alves. Já o segundo tempo foi do Botafogo que dominou o jogo e parecia que estava com tudo bem controlado.

O time parecia bem tranquilo, apesar de algumas falhas que a galera só ameaçou reclamar. Já o Flamengo não é que tenha jogado mal, mas parece que falta alguma coisa que está difícil identificar. Falando em reclamar, teve um momento que as duas torcidas concordaram, mas só no barulho, vaia pra quem entrava, vaia pra quem saia. Resultado só se ouviu vaia.

Apesar de uma colocação pouco elegante no Twitter, acho que Gatito teve uma bonita atitude, e que até deveria ser rotina, mas infelizmente não é. Bola parada e chamou atendimento para Guerrero, que realmente tinha se machucado.

Time e torcida do Botafogo saíram satisfeitos não só com o resultado, mas com o que o time rendeu.
Nas redes sociais, a pergunta entre os rubro-negros era: Qual é o problema do Flamengo. Técnico ou time? Parece que as reclamações não acabarão tão cedo.

Já para os botafoguenses, as provocações com a vitória e o questionamento de por que não jogou assim no outro clássico.

Resumindo, o dia que todos estiverem satisfeitos, passa uma furacão pelo pais.

E segue o jogo, cada um com a sua opinião e – principalmente – respeitando a dos outros.

O público? Foram 6.311 presentes, 5.155 pagantes e renda de R$ 288.010,00.

*Hoje o Celso Pupo não pode ir ao jogo e tive que resolver da melhor forma possível.

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus
Facebooktwittergoogle_plusrssyoutubeinstagramFacebooktwittergoogle_plusrssyoutubeinstagram

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *