Rio Info: Segundo Dia

by
Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Mais um dia de RioInfo, e claro, muito aprendizado. Dessa vez, em um dos auditórios, os assuntos abordados foram o “Futuro das profissões” e “Desafios e oportunidades da Globo.com”. As palestras buscaram ampliar o nosso olhar para o que acontecerá nos próximos anos em diante.

A palestra sobre o futuro das profissões nos levou a refletir sobre o cenário atual, e o que devemos pensar e esperar  sobre o mercado de trabalho nos próximos anos. Gustavo Robichez, da Legalite, enfatizou a importância de empreender. “Temos que buscar pelo empreendedorismo, pois é uma ótima oportunidade de alcançarmos novos horizontes, e ter um trabalho nosso. Mesmo se errar, não tem problema. É errando que se aprende”, comentou.

Gustavo também comentou sobre como opiniões pessimistas sobre o mercado trabalho acabam travando as pessoas. “Sabemos que está faltando emprego, porém não está faltando é oportunidades. Precisamos incentivar a sociedade sobre elas, e travar esses discurso negativo de que tudo acabou”, comentou Gustavo.

Newton Meyer Flury, diretor do TI Rio, foi o mediador da mesa, e também pontuou algumas questõs importantes, principalmente a importância da preparação dos jovens para o mercado de trabalho. “Os jovens estão entrando na faculdade de duas maneiras: ou estão desmotivados ou achando que apenas com o diploma conseguirão alguma coisa. É preciso ter esclarecimento sobre o cenário que estamos dentro da sala de aula”, comentou.

A segunda mesa do dia abordou os desafios da Globo.com. Contudo, foi muito além do que analisar os efeitos da emissora. Um dos tópicos mais explorados e mencionados, foi a questão do BIG DATA, algo que sem dúvidas ajudará muitos produtores de conteúdo de agora em diante.

Durante a palestra, Patrícia Fontes, gerente do Big Data da emissora, indicou alguns tópicos que são levados em consideração na hora de levantar pautas para serem publicadas, sendo eles: conteúdo perecível, conteúdo finito, e lembrando sempre que maior qualidade gera maior audiência.

Contudo, a questão do Big Data foi algo explorado com intensidade. É através desse mecanismo que é possível ter uma noção do perfil das pessoas que acessam o conteúdo do site. “Podemos ver qual o time, última navegação, idade, escolaridade. Isso é muito importante para a produção” comentou.

Tendo o perfil definido, é importante elaborar uma maneira de atrair a pessoa para acessar o conteúdo. De acordo com Patrícia, isso é algo que precisa ser muito bem pensado. “A cultura come a estratégia no café da manhã. Se você não tiver uma estratégia bem desenvolvida, a cultura acabrá com ela”, comentou.

 

 

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus
Facebooktwittergoogle_plusrssyoutubeinstagramFacebooktwittergoogle_plusrssyoutubeinstagram

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *