Vasco 1 x 2 Botafogo

by
Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

O Botafogo saiu com uma vitória importante de São Januário em cima do Vasco. Dois gols no primeiro tempo – Kieza e Igor Rabello – e administrou a situação no segundo. O Vasco melhorou no intervalo e pressionou no segundo, quando saiu o gol (Andrey), mas que não adiantou. (fotos Celso Pupo)

Estávamos preparando a matéria do jogo quando veio o anúncio na coletiva – que demorou muito para começar, o que é um sinal bem conhecido. Zé Ricardo pediu demissão. Segundo Paulo Pelaipe, que foi o responsável pelo aviso, Zé Ricardo alegou problemas pessoais. Pelo que todo mundo tentou saber, mas no primeiro momento nunca dá, é qual teria sido o real motivo da decisão. Segundo o diretor de futebol do Vasco, eles tentaram convencer o técnico, mas que não conseguiram.

O repórter Joel Silva fez uma análise rápida, mas muito sensata: “Desde que chegou ao Vasco, Zé Ricardo não teve uma semana de paz. No primeiro jogo da temporada por exemplo, o clube era gerido por Eurico, Horta e Brant. O treinador era o mais lúcido no meio do caos. Se cansou e pediu pra sair por entender que não pode mais ajudar.”

As Torcidas

Lógico que a Torcida do Botafogo comemorou muito e, pelo que deu para acompanhar nos minutos finais até a saída dos torcedores, não passaram por problema nem confusão dentro do estádio. O pessoal cantou, comemorou e estavam tranquilos no setor dos visitantes. Não tivemos informações de confusão na saída.

 

Os dois problemas, que aconteceram no primeiro tempo e no fim da partida, foram no setor atrás do gol, nas arquibancadas. O clima no setor do lado Vascaíno estava tenso desde o início..

Logo no começo, uma irritação clara com a escalação de Fabrício e depois da falha dele, isso só piorou. Até musiquinha para mandar recado para Zé Ricardo, a galera (que é boa nisso) mandou. A outra confusão aconteceu por conta da presença de torcedores do Botafogo em um dos camarotes. Não conseguimos saber (até o momento) quem estava lá, mas o pessoal embaixo ficou irritado e cheguei a ver alguém dando um soco no vidro.

Alguns minutos depois, uma correria, mas não era briga. Um grupo de policiais do batalhão de choque subiu na arquibancada, para se posicionar na frente do camarote, e muita gente correu, mas não havia acontecido nada naquele momento.

Depois do gol do Vasco, o clima estava melhorando, mas o empate e nem a virada saiu. Quando a partida acabou, parece que os ânimos se exaltaram de novo, No final, discussão no lugar de sempre nas arquibancadas, correria, policiamento na arquibancada e por ai vai. A maioria dos torcedores está fazendo o possível, mas não está fácil para os vascaínos.

O público:  9.454 presentes, 8.592 pagantes e renda de R$ 236.400,00.

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus
Facebooktwittergoogle_plusrssyoutubeinstagramFacebooktwittergoogle_plusrssyoutubeinstagram

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *