Jornalismo Esportivo Digital — 20/06/2018 at 15:18

Marcio Padilha Fala sobre Marketing do Botafogo

by
Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Este é mais um texto do exercício do Curso ACERJ de Jornalismo Esportivo, módulo digital. Todos os alunos fizeram textos, com inclusão de ferramentas para a entrega da matéria. Agradecemos muito ao VP do Botafogo, Marcio Padilha, pela ajuda na formação dos alunos. Deixamos registrado alguns momentos descontraídos, onde o próprio VP dá conselhos e orienta os alunos neste teste real de uma coletiva.

Foi um desafio para todos. Alguns mais tensos do que os outros, mas se prepararam para o momento e agora é caminhar para novos desafios.

Por Gabriel Gonçalves

O vice-presidente de marketing do Botafogo, Marcio Padilha, deu uma entrevista especial para os alunos do curso Jornalismo Esportivo da ACERJ, módulo Jornalismo Digital, para falar sobre as ações realizadas pelo clube. O encontro foi marcado na sede em General Severiano.

A coletiva foi realizada na parte da tarde do dia 24 de maio. Um dos pontos importantes, respondido pelo vice-presidente, foi sobre a despedida do ídolo da torcida, o goleiro Jefferson. Em uma pergunta feita por um dos alunos sobre o goleiro, Padilha respondeu que está triste com a aposentadoria do Jefferson e, se dependesse dele o goleiro não encerraria a carreira agora, mas garante que se a decisão dele prevalecer e o Botafogo irá fazer uma grande festa para o ídolo.

Outro ponto abordado foi sobre a parceria que o Botafogo fez, em abril, com o Spotify. Padilha disse que gostou muito dessa proposta assim como os jogadores, que ficaram bastante envolvidos. Segundo o vice-presidente de marketing, cada jogador ganhou uma assinatura de seis meses do Spotify, criou uma playlist e ganhou um fone personalizado. A interação dos jogadores, criando suas playlists, aumentou, de forma positiva, a visibilidade do projeto.

Quando a parceria com os Irmãos Neto foi abordada, ficou nítida a satisfação do VP, pois via grandes possibilidades de crescimento e desdobramentos da ideia. Segundo Padilha, o projeto é uma via de mão dupla, com boas possibilidades tanto para Irmãos Neto quanto o Botafogo. O clube pretende estender ainda mais essa parceria, ou seja, crescer cada vez mais. Desde que esse “casamento” foi concretizado, muitos torcedores mirins queriam a camisa do Botafogo com a coxinha, símbolo da empresa dos Irmãos Neto. Isso aconteceu, pois já seguiam um dos influenciadores irmãos na internet, o Felipe Neto. O Botafogo espera que mais ideias como essa surja durante essa parceria.

Ao final da coletiva, foi perguntado sobre a relação da instituição Botafogo com os ídolos do passado. “Triste é quem não tem um bom passado para contar”, disse o vice-presidente de marketing o Botafogo. Ele falou sobre a excelente relação  com os ídolos. De acordo com Padilha, os ídolos tem livre acesso ao clube e homenagens estão espalhadas pela sede, onde cada ídolo está eternizado em imagens e posteres. “Sempre é preciso reconhecer e cuidar muito bem quem jogou e honrou a camisa da instituição”.

Facebooktwittergoogle_plusyoutubeinstagramFacebooktwittergoogle_plusyoutubeinstagram

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *